Estamos em manutenção...

O site do Clã Lobos do Sul, bem como outras plataformas de mídia associadas estão passando por reformulação e manutenção. Algumas informações podem estar desatualizadas, conteúdo estará restabelecido em março de 2018.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

MEDICINA DO LOBO


É a medicina do ensinamento, do amor, dos relacionamentos saudáveis. Para trabalhar os nossos medos, através de sua ligação com a Lua. Ajuda a eliminar as nossas fraquezas e pensamentos negativos, não produtivos. 

Para eliminar sentimentos e pensamentos que enfraquecem o espírito. Para defender, ou conquistar nosso espaço. Ensina a caminhar longe, seja física, mental ou espiritualmente. Para minimizar conflitos ou situações tensas. Evocar para saúde, relacionamento familiar, amor romântico, esperteza, força, habilidades de liderança, para seguir adiante e liderar os outros a caminharem junto com você. Para quem é professor, instrutor, consultor, técnico, líder espiritual, etc. Para visão criativa, sabedoria, ação, fidelidade, para aprender novas coisas, ensinamento do inconsciente. O lobo é o professor, o Mestre.

O totem animal do Caminho Espiritual do Amor é o Lobo. Frequentemente retrado pelos seres humanos como um solitário, está bem longe disso. O Lobo é um animal comunitário e com uma família amorosa, que frequentemente coloca o bem estar da matilha acima do seu próprio. 

Os lobos se acasalam para a vida inteira e são companheiros e pais generosos e amorosos.

Os povos nativos respeitam o Lobo devido aos seus cuidados com o bando, seu amor à família, seus instintos protetores e por sua discriminação em caçar os animais fracos ou doentes de uma manada. O Lobo em algumas tribos era considerado o " Totem Guardião " e um símbolo da perseverança.

O Lobo pode nos ensinar sobre compaixão e lealdade à família, amigos e crianças. É um animal bom para se trabalhar com ele, especialmente se não lhe foi ensinada a confiança, afinidade e Amor em sua família de origem. Se você vem de um lar abusivo e não funcional, o Lobo pode ensiná-lo a trocar seus padrões dolorosos e negativos adquiridos na infância, por qualidades que podem ajudá-lo a se tornar um adulto amoroso. Trabalhar com o Lobo pode ajudar a aprender a respeito de amor saudável, perdão, intimidade, confiança, relacionamentos, comunidade, desprendimento e generosidade.


Texto extraído da postagem  de Cris Machado (facebook), autor desconhecido

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Grupo de Estudos do Clã Lobos do Sul em CURITIBA/PR



Os encontros propõem a construção de um espaço de estudos teóricos e práticos sobre Xamanismo e Neoxamanismo, associado ao desenvolvimento Pessoal e Espiritual.

GEX – Grupo de Estudos de Xamanismo
(Programa de estudos Abaixo)

De 20 de Maio à 25 de Maio de 2013
Sendo, de segunda feira dia 20/05 à sexta feira dia 24//05 - das 20h às 22:30h
E sábado dia 25/05 – das 09 às 17:30h



Necessário Inscrições antecipadas: 

Com Scheilla D’Espindula 

scheilla.espindula@gmail.com 

(41)9503-9662 / 99820355




Local: Savitri Yoga e Ayurveda
Rua: Dr Faivre, 581
(em frente à Pró Reitoria da UFPR)
Fone: (41)3264-8908
www.facebook.com/SavitriYogaAyurveda

Investimento:
à vista R$400,00

Maiores informações:
email: clalobosdosul@gmail.com
http://clalobosdosul.blogspot.com
Fone; (48) 9689.3986 (TIM)

Grupo de Estudos do Clã Lobos do Sul em SÃO LEOPOLDO/RS



Os encontros propõem a construção de um espaço de estudos teóricos e práticos sobre Xamanismo e Neoxamanismo, associado ao desenvolvimento Pessoal e Espiritual.

GEX – Grupo de Estudos de Xamanismo
(Programa de estudos Abaixo)

De 29/04 à 04/05 de 2013
Sendo, de segunda feira dia 29/04 à sexta feira dia 03//05 - das 20h às 22:30h
E sábado dia 04/05 – das 09 às 17:30h

Necessário Inscrições antecipadas:
email: clalobosdosul@gmail.com
ou no Local com Rosangela (Preta) - (51)99883884

Local: Libélula Espaço Terapêutico
Rua. Serafim Vargas, 66 - Morro do Espelho
São Leopoldo/RS
(51)99883884

Investimento:
à vista R$367,00
ou em 2x R$190,00

Maiores informações:
email: clalobosdosul@gmail.com
http://clalobosdosul.blogspot.com
Fone; (48) 9689.3986 (TIM)

terça-feira, 9 de abril de 2013

Mitologia do Coyote


    CoYote 



Entre os povos nativos americanos, esta divindade podia possuir diversas personalidades e formas. Nasceu do chão,assim como o seu cão Rattlesnake.
Aparece como criador (Velho Coiote), que origina ao enunciar o nome da coisa ou a partir de lama moldada, sendo sobesta forma o Coiote o seu irmão ou companheiro inseparável. É defendida a ideia (por A. Hultkranz) de que o GrandeEspírito, cujo nome só podia ser pronunciado num ritual particular, teria sido substituído por esta versão do deus Coiote.
Esta divindade pode ser também apresentada como alguém maldoso e enganador, como um herói que ajuda os homensou como um mensageiro (para as tribos do Noroeste banhado pelo Pacífico, em que este deus é secundário sendoinclusivamente detestado), tendo a capacidade de se metamorfosear.
Noutras tribos é equiparado ao Criador, apesar de este ter o poder supremo e o poder de castigar. Entre o povo Wasco,esta divindade tinha conseguido salvar os homens do morticínio causado pelo Pássaro Trovão matando-o com a ajudado Espírito Supremo. Este povo considerava que o rival do Coiote era o Corvo, representando-se este conflito pelaatribuição das cataratas de Multnomah a um ou a outro, sem se chegar a um consenso.
Há histórias que o apresentam como fornecedor de artefactos mágicos aos homens e capaz de alterar a paisagemmovendo montanhas e rios. Aparece representado por vezes sob a forma de um jovem.
O Coiote faz parte do mito da criação dos índios navajo, que concebiam o mundo como uma sucessão de mundos.Assim, o Coiote, o primeiro Homem e a primeira Mulher regiam o primeiro; passaram ao segundo porque o primeiro erademasiado acanhado para os três. Mas neste segundo moravam a Lua e o Sol, além dos que viviam nos pontoscardeais; quando o Sol se enamorou da primeira Mulher o Coiote fez com que os que viviam nos pontos cardeaisinterviessem para resolver o problema. Assentou-se que passariam para o terceiro mundo, mais vasto e que permitiauma separação. Este tinha quatro montanhas e quatro oceanos, e os habitantes das montanhas avisaram-nos para nãoperturbarem o monstro que vivia no mar, advertência desrespeitada pelo Coiote, que ao achar os filhos do monstrobelíssimos os raptou. O monstro fez transbordar as águas como vingança, obrigando os habitantes a plantar um rosalpara ascenderem ao quarto mundo, que ainda não servia. E finalmente o primeiro Homem e a primeira Mulher fizeram comque os navajo chegassem ao quinto mundo, o atual.
Acreditava-se que esta divindade tinha trazido à terra a morte, a dor e a doença para tornar a vida dos homens maisinteressante, pois tinha observado Wonomi a criar o Homem e achou que a vida que lhes deu era demasiado fácil.Tentou também originar seres humanos, porém Wonomi riu-se das suas intenções e os seres ficaram com olhos de vidro.
A primeira vítima das desgraças proporcionadas pelo Coiote foi o filho do primeiro Homem e da primeira Mulher, mortopela fatal mordida do cão Rattlesnake.
O Coiote apenas morreria na luta contra as constelações, provocando a sua morte a de todos os seres humanos até seextinguir a Humanidade. Como alternativa vagueava na terra sob a forma de espírito depois de se ter suicidado.

Como referenciar este artigo:

Coiote (mitologia). In Infopédia [Em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2013. [Consult. 2013-04-08].